Investigação inocentaRoberto Cabrini


12/07/2011


Investigação da Corregedoria da Polícia Civil de São Paulo concluiu que seis policiais, entre eles, um delegado, “plantaram” papelotes de cocaína dentro do carro do jornalista Roberto Cabrini, apresentador do programa “Conexão Repórter”, do SBT, em 2008.
 
Na ocasião, Cabrini estava fazendo uma reportagem sobre o envolvimento de policiais com criminosos do Primeiro Comando da Capital(PCC).
— Fui vítima da banda podre da polícia, alvo das minhas denúncias, disse o jornalista à Folha de S. Paulo.
 
A investigação aponta para um possível envolvimento no caso do empresário Oscar Maroni, dono da boate Bahamas, descrito em uma reportagem anterior de Cabrini como sendo um “prostíbulo de luxo”. O empresário negou a participação. 
 
*Com Folha.com e Comunique-se

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012