Famerj empossa sua nova diretoria em evento na sede da ABI


Por Igor Waltz*

21/07/2014


Posse da diretoria da Famerj na sede da ABI (Foto: Raul Azêdo)

Posse da diretoria da Famerj na sede da ABI (Foto: Raul Azêdo)

A Federação das Associações de Moradores do Estado do Rio de Janeiro (Famerj) deu posse, neste último sábado, 19 de julho, à sua nova diretoria, na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI). O evento, que reuniu autoridades e representantes de diversas associações de moradores do Rio, teve como uma das principais reivindicações em pauta a criação de uma Secretaria Estadual dos Movimentos Sociais. A Famerj será mais uma vez presidida por Márcia Vera Vasconcelos, moradora há quase 40 anos da Cruzada, na Zona Sul da cidade.

Márcia defende que a criação da Secretaria seria uma saída para que os movimentos sociais sejam mais ouvidas pelas autoridades. “Hoje não há um espaço institucional para reivindicarmos nossas demandas. Não há um canal oficial que faça eco à nossa voz. O Governo decide pela construção de pontes e teleféricos em comunidades e ignora nossas prioridades, como saneamento básico. Muitas vezes, as associações só ficam sabendo dos empreendimentos quando os primeiros moradores começam a ser removidos”, explica a líder dos moradores.

Para ela, o Rio é uma cidade partida no que diz respeito a direitos como saúde, saneamento, transporte e educação. “O respeito à democracia é o que mais prezamos. Queremos os mesmos direitos humanos para o asfalto e para a favela. Somos tão cidadãos quanto os moradores da Barra e da Zona Sul, somos todos moradores da cidade”, afirma.

Durante a ocasião, foi entregue um documento  solicitando a criação de uma Secretaria dos Movimentos Sociais aos políticos presentes, entre eles o candidato ao Governo, Lindberg Farias, e a deputada federal, Jandira Feghali.

De acordo com Márcia, o evento foi um grande reencontro. Em 1977, uma série de encontros entre 40 associações de moradores na ABI resultou, em janeiro do ano seguinte, na fundação da Famerj nos auditórios da Casa do Jornalista. “O fato de a posse acontecer aqui, 36 anos depois, representa uma retomada da nossa entidade. Voltamos aqui depois de todo esse tempo para dizer: ainda estamos aqui lutando”, relembrou.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012