14 de agosto de 2022


Esqueça a praia e vá ao cinema em casa


02/10/2020


Seleção feita por Vera Perfeito, diretora de Cultura e Lazer da ABI

Os cinemas, teatros, casas de shows e alguns espaços culturais foram reabertos com restrições, mas para sua segurança fique ainda em casa e espere baixar o número de infectados e mortos por Covid cuja taxa se elevou nos últimos dias no Rio de Janeiro. Leia bastante antes que a Inquisição que nos governa mande queimar todos os livros que nos educaram como faz com os de Paulo Coelho sob protestos da ABL. Assista também a ótimos filmes do 25º festival de cinema É TUDO VERDADE.

De hoje a domingo serão exibidos curtas e longas brasileiros e internacionais. E ainda pode assistir a algumas lives como a de Giberto Gil dedicada ao amor e ainda a de Cláudio Lins, Marcelo Serrado, Alaíde Costa, Zélia Duncan e Sandra de Sá.

A dica de hoje é o curta brasileiro Fico te devendo uma carta sobre o Brasil, às 21 hs, da diretora Carol Benjamin, com repeteco amanhã, às 15hs,  e direito a debate com a produtora, a atriz Leandra Leal. No filme, Carol conta histórias da ditadura brasileira ouvidas de sua avó, Iramaya Benjamin, fundadora do Comitê Brasileiro pela Anistia.

Amanhã, às 11 hs, não perca Santiago das Américas ou O olho do Terceiro Mundo, dirigido por Silvio Tendler, uma cinebiografia do diretor cubano Santiago Alvarez no ano do centenário de seu nascimento e que filmou várias guerras desde a Revolução Cubana. Santiago levou a espectadores um contraponto à história contada pelo Serviço de Informação dos Estados Unidos, o USIS.

25º FESTIVAL É TUDO VERDADE

Como assistir: Faça já seu cadastro gratuito em www.looke.com.br  e 20 minutos antes do horário da sessão, acesse www.etudoverdade.com.br, clique em Programação, depois no título do filme de sua preferência e, finalmente, no play. Abra a garrafa de vinho ou outra bebida – desde que não seja álcool 70 – e divirta-se em segurança.

HOJE – 15h
Jair Rodrigues – Deixa que Digam
Direção:Rubens Rewald. Brasil, 96’. Idioma: português. Jair Rodrigues, o retrato de um artista e de um Brasil tão próximo e tão distante.

HOJE – 21hs e AMANHÖ 15 hs.

Essa sessão será seguida de um debate, às 17hs, no canal do Youtube do Festival com a presença da diretora Carol Benjamin e da produtora, a atriz Leandra Leal, entre outros.

FICO TE DEVENDO UMA CARTA SOBRE O BRASIL  – Direção: Carol Benjamin. Brasil, 88’.Idiomas: português/ inglês .

Três gerações de uma família atravessada pela Ditadura Militar brasileira (1964-1985). Ao mergulhar em uma história pessoal e entrelaçá-la com a história do país, entre passado e presente, o filme investiga a persistência do silêncio como uma ferramenta de apagamento da memória. São as histórias contadas à diretora por sua avó, Iramaya Benjamin, que criou o Comitê Brasileiro pela Anistia, em 1977, passando a realizar passeatas e comícios, exigindo o fim da Lei de Segurança Nacional e o direito de registro civil para os dois filhos exilados. Em 1979, quando a Lei da Anistia foi aprovada, Iramaya e integrantes do comitê passaram a ir aos aeroportos receber os exilados para evitar prisões.

AMANHÃ – 21h e DOMINGO– 15h

Segredos do Putumayo
Direção: Aurélio Michiles. Brasil, 83minutos.Idioma: português – Classificação indicativa: 14 anos. Documentário sobre aquele que é considerado hoje o pai dos inquéritos sobre a violação de direitos humanos, Roger Casement (1864-1916). As ações de quando ele esteve na África, no Brasil e na sua Irlanda nativa ainda repercutem em nossos dias.

INTERNACIONAIS

HOJE – 18h

Silêncio de Rádio (Radio Silence)
Direção: Juliana Fanjul. Suíça/ México, 80‘Idioma: espanhol – Classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: Março de 2015. Devido à pressão política e a falsas pretensões, a principal voz do jornalismo independente mexicano, Carmen Aristegui, acaba demitida, junto com sua equipe, da rádio MVS. No dia seguinte, mais de 200 mil pessoas organizam um ato e assinam uma petição em favor de sua volta e pedindo o fim da censura. Apesar da imensa mobilização, a emissora não cede.

AMANHà– 11h

Santiago das Américas ou O olho do Terceiro Mundo.Direção: Silvio Tendler. Brasil, 102‘
Idiomas: português, alemão. Classificação indicativa: livre. Em uma pequena ilha convulsionada pela revolução de 1959, Santiago Álvarez usou a sétima arte como arma política e criou uma estética que se tornou referência no campo documental. Santiago, que se intitulava um viajante permanente pela história, registrou os fatos mais marcantes de seu tempo, desde a Revolução Cubana até a desintegração do bloco soviético. Levou a espectadores de todos os continentes um contraponto à história contada pelo Serviço de Informação dos Estados Unidos, o USIS. Através suas obras, mergulhamos no cenário político e na cultura cubana, nas tensões da América Latina, na Guerra do Vietnã, nos inúmeros conflitos pela independência da África, sempre com o olhar periférico que é a marca do seu cinema, hoje convertido em memória de um mundo em transformação. No ano do centenário de nascimento de Santiago, Silvio Tendler lançou a cinebiografia do diretor cubano, um projeto que começou a ser filmado em 1988 e tem entrevistas inéditas de Santiago.

AMANHà– 13h

O Rei Nu (The Naked King – Der Nackte König – 18 Fragmente Über Revolution).Direção: Andreas Hoessli. Alemanha/ Polônia/ Suíça, 108‘.Idiomas: polonês, persa, inglês, alemão. 1979, revolução no Irã. 1980, revolução na Polônia. A queda do xá, o rei dos reis, no Irã. Greves gerais e o movimento Solidarnosc na Polônia. O que passou pelas mentes daqueles garotos e garotas naqueles momentos? E o que aconteceu com eles quando as revoluções passaram ou, no caso iraniano, depois que uma elite religiosa e autoritária chegou ao poder?

AMANHà– 18h

Influência (Influence).Direção: Richard Poplak e Diana Neille. África do Sul/ Canadá, 105‘
Idiomas: inglês e espanhol.Uma análise da expansão recente do universo da desinformação por meio de uma investigação exclusiva sobre a ascensão e queda de uma das maiores empresas de relações-públicas e e-reputação, a multinacional britânica Bell Pottinger.

DOMINGO

11h

Garoto – Vivo SonhandoDireção: Rafael Veríssimo. Brasil. 104‘.

Idioma: português – Aníbal Augusto Sardinha, mais conhecido como Garoto(1915-1955), é um dos pilares escondidos da música brasileira. Arquivos raros e depoimentos revelam sua influência musical

FOCO LATINO-AMERICANO

Além das quatro produções latino-americanas presentes na competição de longas e médias-metragens internacionais e de “Santiago das Américas” de Silvio Tendler, a seleção apresenta ainda dois outros títulos –de Cuba e Colômbia.

HOJE– 13h

Suspensão (Suspensión). Colômbia, 73’Direção: Simón Uribe.Idioma: espanhol.

Nas selvas do sul colombiano, há uma grande ponte de concreto abandonada, que se choca contra uma montanha e põe fim a uma estrada que não leva a parte alguma. O símbolo da obsessão de gerações de engenheiros em dominar as imponentes montanhas do território amazônico. Após quase um século, as promessas de uma estrada moderna se desfazem, e a ponte se converte em cenário de situações absurdas, um teatro de ilusões por onde circulam operários e turistas – até que um desastre insuspeito acontece.

DOMINGO– 13h

Brouwer, a Origem da Sombra (Brouwer, the Origin of the Shadow). Cuba, 68’
Direção: Katherine Gavilan e Lisandra Lopez Fabe.Idioma: espanhol. Leo Brouwer, extraordinário compositor cubano reconhecido mundialmente, abre as portas de seu espaço de criação e permite ao espectador explorar seu cotidiano e seu trabalho. Com um olhar agudo e questionador, ele faz reflexões sobre a vida e a contemporaneidade e divide inquietações que o acompanharam e o inspiraram ao longo de oito décadas.

Cerimônia de premiação – A partir das 18h
Filme de Encerramento – 21h

Exibições na Plataforma Itaú Cultural –  https://www.itaucultural.org.br/

Até segunda-feira, às 9:00,  a partir das 13hs, exceto Santos Dumont: Pré-Cineasta?

Volkswagen – Operários na Alemanha e no Brasil.Direção: Jorge Bodanzky e Wolf Gauer. Brasil/ Alemanha, 1974, 28’Idiomas: português, alemão. Um paralelo da vida e do trabalho de dois operários da Volkswagen, um no Brasil e outro na Alemanha, que exercem funções idênticas na montagem do Fusca.

40 dias para aprender Cinema (40 days to learn film)- Reino Unido. 136’.
Direção: Mark Cousins.Idioma: inglês. Junte-se ao cineasta e escritor Mark Cousins em uma jornada de 40 dias, explorando como nós refletimos sobre nossa paixão pelo cinema e aspectos relacionados ao ato de fazer filmes, incluindo estilo, ideias, emoções, aspectos práticos e outras coisas divertidas. Exploraremos a linguagem universal do cinema, vendo obras que perpassam fronteiras artísticas e culturais.

A Televisão e Eu (La Televisión y Yo)- Argentina, 2002, 75’.Direção: Andrés Di Tella.Idioma: espanhol. Um ensaio fílmico que se estende da primeira lembrança pessoal do diretor às mais antigas memórias da TV na Argentina. Duas histórias e dois sonhos intercalados: a de Jaime Yankelevich, o imigrante judeu que se tornou o rei do rádio e introduziu a TV na Argentina, e a do avô do próprio diretor, Torcuato di Tella, outro imigrante que construiu um império industrial.
Gyuri– Brasil, 87’.Direção: Mariana Lacerda.Idiomas: português, húngaro e yanomami.

O Segundo Encontro– Brasil/ França, 70’.Direção: Veronique Ballot.
Idiomas: português e jê.

Santos Dumont: Pré-Cineasta?– Brasil, 2010, 63’.Direção: Carlos Adriano e Bernardo Vorobow.
Idioma: português. Este documentário parte da descoberta e restauração de um raro e desconhecido carretel de fotografias reproduzidas de um filme mutoscópio, produzido em 1901, em Londres, sobre Santos Dumont (1873-1932). A obra aborda aspectos históricos e artísticos dos primórdios do cinema (pré-cinema, cinema de atrações) e do cinema de reapropriação de arquivo (found footage, filme de reciclagem), por meio de entrevistas, documentos, metáforas visuais e da articulação própria de um ensaio poético.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

SHOWS / LIVES

GRÁTIS

HOJE – 19 HORAS

CIDA MOREIRA – canta toada, canção, balada e rock ao lado de Omar Campos e Iuri Salvagnini. No YouTube (/sescsp) e Instagram(@sescaovivo).

20 HORAS

GILBERTO GIL – junto com a cantora Ara Ketu o cantor faz uma live dedicada ao amor e com repertório com músicas feita para as ex-mulheres: Amor sem fim, Drão, Sandra, Flora, A linha e o linho. No Youtube no canal do cantor.

ALAÍDE COSTA – a cantora comemora 85 anos e será acompanhada pelo pianista Giba Estebez. Participam também João Donato e Gilson Peranzetta. No YouTube ( /bluenotesp).

RAIZ DO SANA – o grupo toca forró, baião, maracatu, samba, salsa e rock, em live do palco do Teatro Riachuelo. No YouTube(/raizdosana).

SÁBADO

MEIO-DIA

CASA DO CHORO DIGITAL – TIM RESCALA E ORQUESTRA DA MARÉ DO AMANHÃ –  apresentação do “Blim-blem-blom”, abrindo a programação do mês das crianças da série #Sala Digital. YouTube(/salaceciliameireles).

CASA DO CHORO DIGITAL – estreia sua plataforma on-line (digital.casadochoro.com.br). Bandão virtual da Escola Portátil de Música.

18H30

THE FEVERS – o grupo faz live em homenagem à banda Renato&Seus Blue Caps.YouTube(/thefevers)

20HORAS

ZÉLIA DUNCAN –  voz e violão, a cantora apresenta “O lado bom da solidão”, na Sala Nelson Pereira dos Santos, sem público presencial.Facebook (/zeliaduncanoficial e /salanelsonpereiradossantos).

GRANDES CLÁSSICOS DA MPB AO AR LIVRE – 6ª e sábado – 20 hs – Cláudio Lins canta canta Chico Buarque. Domingo e 2ª – 18hs – Marcelo Serradocanta de Wando a Sinatra. R$ 80 (no site da Sympla). Nesta semana a transmissão on line acontece sábado e domingo com ingressos gratuitos por meio do site do teatro Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch.

PAGO

21 HORAS

SANDRA DE SÁ –  relembra os principais sucessos dos 40 anos de carreira. À venda no site da Sympla a R$20.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012