Crime no Afeganistão


11/03/2009


O jornalista Jawes Ahmad foi assassinado nesta terça-feira, 10, em Kandahar, Afeganistão. Ahmad tinha sido libertado há alguns meses por militares norte-americanos, após ficar detido ao longo de 11 meses sob a acusação de ter ligações com talibãs. O jornalista, que negou envolvimento com o grupo extremista, denunciou que foi torturado no centro de detenção em Bragam, nos arredores da capital Cabul, e que pretendia escrever um livro sobre o caso. A Federação Internacional de Jornalistas (IFJ), o Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) e a ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF) exigiram a imediata apuração da morte do repórter.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012