28 de novembro de 2022


Comissão de Direito à Educação da OAB toma posse


18/04/2017


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A Comissão de Direito à Educação (CDED) da Ordem dos Advogados do Brasil toma posse nessa quarta-feira, 19. A ação será realizada no Plenário Evandro Lins e Silva da entidade, na Avenida Marechal Câmara, 150, no 4º andar, no Centro do Rio, às 18h. O advogado da Associação Brasileira de Imprensa, Jansen Oliveira, fará parte como membro.

“Fiquei muito envaidecido e ao mesmo tempo ansioso pelo trabalho que estar por vir, considerando a importância do tema que a CDED terá de tratar. Tenho certeza que o presidente Felipe Santa Cruz terá suas expectativas correspondidas, pois o Dr. Cláudio Carneiro, presidente da Comissão, reúne todos os atributos para estar à frente dessa nova jornada. Como membro da Comissão, após a posse, aguardaremos os encargos que cada um comporá nessa egrégia comissão”, comentou Jansen Oliveira.

Cláudio Carneiro, Presidente da Comissão e da OAB-Barra, Carneiro ressaltou sua determinação em arregaçar as mangas e colaborar com o Poder Público, ajudando a desenvolver o ensino com a atenção merecida e valorizada.

“Agradeço a confiança que o Dr. Felipe Santa Cruz, Presidente da OAB/RJ, depositou em mim para presidir uma Comissão tão relevante, especialmente nos dias atuais. Com meus trinta anos de atividade docente, tive o prazer de montar uma equipe altamente competente e com vasta experiência na área para que possamos colaborar com as entidades públicas e privadas em prol do desenvolvimento da educação no Brasil. Somos totalmente contra a crítica pela crítica. Não tenho a menor dúvida de que o Brasil precisa investir em educação, pois somente através de um ensino de qualidade e amplo é que poderemos transformar a sociedade. A educação é o berço da sociedade e é para ela que a Comissão vai trabalhar com todo o empenho”, destacou.

Cláudio Carneiro acrescentou que está montando um grupo de trabalho para a análise da reforma no ensino, além de estruturar a comissão de modo a atender também as pessoas com necessidades especiais.

“É muito importante que os projetos educacionais se preocupem também com os idosos, pessoas com dificuldades cognitivas e locomotoras. Somente pensando na educação como um todo é que poderemos avançar. É preciso trabalhar a inclusão e o acesso a toda a sociedade. Sabemos que a tarefa não é simples, mas temos pleno conhecimento do nosso desafio e estamos motivados”, observou Cláudio Carneiro.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012