CNV apresenta balanço das atividades no dia 21


16/05/2013


Comissão da Verdade

Reunidos na tarde desta quinta-feira, dia 16, com a Presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, membros da Comissão Nacional da Verdade(CNV) informaram que, em razão do primeiro aniversário da Comissão, será apresentado ao público, no próximo dia 21, às 10h, em Brasília, um balanço das atividades do órgão.

Durante a reunião, requerida pela CNV, os membros da comissão Paulo Sérgio Pinheiro, atual coordenador da CNV, Rosa Cardoso, que assume a coordenação a partir do dia 17, Claudio Fonteles, José Carlos Dias e Maria Rita Kehl conversaram, entre outros assuntos, sobre uma possível prorrogação do mandato da Comissão.

O pedido, que já havia sido feito por estudantes diretamente à Presidente Dilma, em reunião ocorrida em abril, é também reivindicação das comissões estaduais da verdade, de comitês de memória, verdade e justiça e de centrais sindicais. A lei 12.528, que criou a comissão, prevê o encerramento das atividades em 16 de maio de 2014.

-Afirmamos à presidenta que a reivindicação das entidades para a extensão do prazo é benéfica para o aprofundamento do nosso trabalho, afirmou Paulo Sérgio Pinheiro.

A CNV vai informar locais até agora desconhecidos onde os perseguidos políticos eram torturados e mortos antes de serem entregues às unidades do regime, como o DOI-Codi. A comissão identificou ainda nomes de militares e agentes da repressão que atuavam nesses espaços.

-É um levantamento dos centros de tortura e um grande organograma no qual os espaços antes desconhecidos começam a ser preenchidos com nomes, cargos e instituições, disse Paulo Sérgio Pinheiro.

 Texto: Cláudia Souza

*Com informações da CNV e O Globo.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012