Cinegrafista fuzilado em Alagoas


07/01/2008


Após divulgar imagens de um traficante conhecido como Aranha para algumas emissoras de tevê, o cinegrafista Walter Lessa de Oliveira, da TV da Assembléia Legislativa de Alagoas, foi assassinado com quatro tiros de pistola, neste sábado, em um ponto de ônibus em Maceió. Além de poder ter sido alvo de uma possível vingança do traficante, a polícia investiga também a possibilidade de Oliveira ter reagido a um assalto. Isso porque Oliveira tinha ido receber o dinheiro de um aluguel, mas nenhuma quantia foi encontrada com ele. Segundo testemunhas, o cinegrafista teria discutido com um homem antes dos disparos. Oliveira, de 52 anos, trabalhava na TV Assembléia de Alagoas e no Centro de Estudos Superiores de Maceió (Cesmac). Também trabalhou em diversas emissoras da cidade, e foi diretor do Sindicato dos Jornalistas do estado (Sindjornal).

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012