Cheirando cola


06/03/2006


“Estava novamente na Praça Mauá, desta vez sobre um carro de som numa passeata de metalúrgicos da indústria naval. Num movimento que fiz, entrou na minha Nikon esta cena forte do menino cheirando cola. Quando me viu, ele correu na direção da Cinelândia. Meses depois, tivemos a chacina da Candelária”

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012