Caricatura leva editor à prisão


22/01/2008


Na Bielorrússia, o editor Alexander Sdvizhkov, do diário Zgoda, foi condenado a três anos de prisão por incitação ao ódio religioso e nacional, devido à reprodução das caricaturas do profeta Maomé divulgadas originalmente em 2005 pelo Jyllands Posten. As autoridades já tinham fechado o jornal em março de 2006, após queixas da comunidade muçulmana do país. Os desenhos, publicados no Zgoda em 18 de fevereiro daquele ano, ilustravam um artigo sobre movimentos de protesto no mundo islâmico. Em resposta, a KGB invadiu a redação, apreendeu computadores e iniciou processo judicial poucos dias depois.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012