Seqüestro na Síria


07/06/2011


A família de Amina Arraf, de dupla cidadania(americana e síria), autora do blog A gay girl in Damascus denunciou o suposto sequestro da blogueira, que está desaparecida desde a noite da última segunda-feira, dia 6, quando se dirigia ao encontro com um dos organizadores dos protestos contra o Governo do Presidente Bashar al-Assad.
 
Segundo Rania Ismail, prima de Amina, a blogueira teria sido levada por três homens armados que a arrastaram para dentro de um carro, que teria um adesivo do rosto de Bassel al-Assad, irmão do Presidente sírio, morto em um acidente de carro, em 1994.
 
Segundo Rania, a única testemunha do suposto sequestro não teria anotado a placa do carro. ‘Não sabemos quem a levou, tampouco a quem pedi-la de volta. É possível que eles tentem forçá-la a ser deportada. Se eles quisessem matá-la, já o teriam feito. Estamos todos rezando.’
 
Amina ganhou destaque internacional recentemente ao ser tema de uma reportagem do jornal britânico The Guardian, tendo sido citada como ‘uma improvável heroína da revolta em um país conservador’. Ele defendia em seu blog as manifestações contra o ditador da Síria e relacionamentos homossexuais,entre outros temas.
 
Uma campanha pela libertação da blogueira está sendo promovida nas redes sociais.
 
 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012