Atentado contra liberdade de expressão em Garanhuns


08/06/2009


Conforme veiculado na edição de maio e junho do jornal RadioAção, publicado pelo Sindicato dos Radialistas de Pernambuco, alguns Vereadores do município de Garanhuns atentaram contra a liberdade de expressão, ao defenderem punição ao radialista Eduardo Peixoto, que divulgou dados sobre o montante de recursos endereçados aos representantes da Câmara para o exercício do mandato.

Intitulada “Vereadores de Garanhuns defendem a lei da mordarça”, a reportagem informa que o radialista apenas repercutiu na Rádio Jornal de Garanhuns, informações publicadas pelo Vereador Raimundo de Morais que visavam a dar transparência à utilização de recursos por parte dos membros da Câmara Municipal de Garanhuns.

De acordo com a reportagem, um vereador exigiu a demissão de Eduardo Peixoto, outro chegou a denegrir a imagem do radialista no Plenário da Câmara, chamando-o de “maluco”.

Para o Sindicato dos Radialistas de Pernambuco, “essas reações desses vereadores, lembram os tempos negros da ditadura militar, remetem à época da lei da mordaça e deixam claro para a população que eles não querem transparência de suas atitudes e nem do serviço que dizem prestar ao povo”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012