Assange pede asiloao Equador


19/06/2012


O governo do Equador informou nesta terça-feira, 19, que o fundador do Wikileaks, Julian Assange, solicitou asilo político e proteção, argumentando que seu país não lhe assegura garantias mínimas. A informação foi dada pelo Ministro de Relações Exteriores, Comércio e Integração equatoriano, Ricardo Patiño, que garantiu que Assange já está refugiado na sede diplomática do país em Londres. O país andino já havia oferecido asilo ao ativista em novembro de 2010.
 
Em sua conta no Twitter, Patiño escreveu ainda que Assange disse haver recebido ameaças de morte e de ser entregue a autoridades americanas, além de bloqueio financeiro extrajudicial.
 
O site Wikileaks publicou no Twitter: “Julian Assange solicitou asilo político e está sob proteção na embaixada do Equador em Londres”. 

Em nota, a Scotland Yard diz que Assange violou condições de sua pena de prisão domiciliar, que incluem estar em casa entre 22h e 8h. O australiano passou a noite na Embaixada do Equador em Londres.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012