4 de dezembro de 2022


Apuração de votos na ABI suspensa pela Justiça


18/05/2019


A contagem de votos da eleição da ABI, realizada na quinta-feira (16), foi suspensa por determinação do desembargador Marcelo Lima Buhatem, da 22ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Coube ao presidente da Assembleia Geral Ordinária (AGO), Fichel Davit Chargel, responsável por conduzir o processo eleitoral, receber a intimação.
A decisão judicial atende ao agravo de instrumento impetrado por Domingos Meirelles (ex-presidente da ABI e candidato à reeleição pela Chapa 1) contra Paulo Jeronimo de Sousa, o Pagê (candidato a presidente pela Chapa 2). Meirelles recorreu à segunda instância do TJ-RJ pedindo a reforma da decisão anterior, de negação à ação de dois candidatos da chapa da situação: Elio Maccaferri e Rafael Ventura, ambos de São Paulo.
A decisão judicial não anulou o processo eleitoral, apenas houve a paralisação da contagem dos votos. Representantes das chapas presentes (2 e 3), o diretor do Clube de Engenharia, Fernando Tourinho – Observador Externo do pleito, vários associados, servidores da ABI e o próprio Oficial de Justiça, que levou a notificação acompanharam o lacramento da urna, guardada em sala também lacrada na sede da ABI. O ex-diretor e candidato a vice-presidente da chapa 1, Nacif Elias, participou do acautelamento da urna.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012