Ameaças no México


14/08/2012


A organização Repórteres Sem Fronteiras(RSF)divulgou comunicado nesta segunda-feira, dia 13, sobre as ameaças contra jornalistas no México.
 
A RSF menciona os jornalistas Olga Wornat, Gabriel Bauducco, diretor da revista Playboy do país, e Lydia Cacho.
—Trata-se de jornalistas que sofrem ameaças e intimidações por terem denunciado o crime organizado e sua infiltração nas altas esferas do poder político, afirmou a ONG.
 
Olga e Lydia são autoras de livros de denúncia e deixaram o México após terem sido intimidadas.
—As revelações de Olga Wornat e de Lydia Cacho demonstram a necessidade de uma profunda reforma no aparato judicial mexicano em nome da luta contra a impunidade e da proteção real das pessoas. Pedimos que se elabore um verdadeiro plano de segurança a favor de ambas mulheres, disse a RSF.
 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012