9 de agosto de 2022


ABI Esporte celebra 40 anos de Futebol


05/04/2021


Marcos Gomes é jornalista, membro da Comissão da Diretoria de Cultura da ABI.

Para celebrar os 40 anos de lançamento do livro Futebol e Palavra do Jornalista e Professor Ivan Cavalcanti Proença, e os 113 anos da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), lembrados no dia 7 de abril, o programa ABI Esporte vai ao ar nesta segunda-feira, dia 5, às 19h30, ao som de Parabéns pra você.

Ivan Proença conversa com o professor Sady Bianchin e as escritoras Marcela Giannini e Mirian de Carvalho. A apresentação é do jornalista Marcos Gomes. Você assiste o programa no canal do Youtube da ABI. https://www.youtube.com/channel/UCDLfdfuALUd7eTf9UefaPTg/videos

Sobre Ivan Proença, a escritora Mirian de Carvalho disse:
– Diversificadas em livros, ensaios, artigos, prefácios, e outros escritos, as pesquisas de Ivan Cavalcanti Proença abrangem a literatura brasileira, em extensão e profundidade. Atraído pelo encantamento do cinema e do teatro, Proença fez adaptações e escreveu textos e roteiros. Suas pesquisas abrangem o cordel, o repente, o folclore, o carnaval, o samba e outras manifestações populares. E o futebol foi o objeto de estudo em sua Tese de Doutorado, que, após a defesa, foi sintetizada pelo autor para a edição do livro Futebol e palavra, publicado em 1981.

Em Futebol e Palavra, a tessitura poética do jargão popular desdobra sentidos e evidencia hoje ─ num crescendo ─ contradições geradas pelo neoliberalismo empenhado em transformar o futebol-arte em mercadoria. Mas, para o jogador, palavra é gol. Ao transpor tal imagem ao campo dos escritos de Proença, que também jogou futebol, enfatizo o viés socio-histórico, implícito também às suas obras de análise política. Assim, com a vivência de militar cassado, e com a palavra marcando gol, destaque-se a obra intitulada O golpe militar e civil de 64 – quarenta anos depois. Por ser aluna do professor Proença, sinto grande alegria ao constatar que sua vida e sua obra complementam-se numa práxis em defesa dos Direitos Humanos.

O professor e Secretário de Cultura da Prefeitura de Maricá Sady Bianchin comentou:

– Ivan Cavalcanti Proença é uma referência de dignidade e luta pela liberdade e autonomia da nação brasileira, sua obra é um exercício diário de cidadania, onde estabelece uma análise comparativa entre a diversidade cultural nos campos dos saberes, com destaque para : arte, política, esporte e em especial a cultura popular, sempre como instrumentos de transformação social. Parabéns, Ivan!

Ainda sobre Ivan Proença a escritora Marcela Giannini destacou:

– Exemplo de luta pela liberdade e pelas causas sociais, não apenas em sua heroica atuação no célebre episódio do CACO, Ivan Cavalcanti Proença tem sua vida pautada pela dignidade e combatividade.
Sua obra reflete profundo comprometimento com a sociedade; Sua profícua trajetória na literatura, nas artes (na pesquisa musical, do samba e do jazz, no teatro e no cinema como roteirista) bem como editor, crítico, professor, um dos nossos maiores pesquisadores – e defensores – da cultura popular brasileira é grandiosa.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012