Viva a mulher brasileira!


09/03/2023


Por Regina Pimenta, vice-presidente da ABI

Desde o primeiro dia deste ano a vida ficou mais prazerosa, e os gestos mais simples, como parabenizar os amigos pelo aniversário, ganharam outro significado e outro sabor. Assim é também com o Dia Internacional da Mulher.

Claro que toda essa mudança é resultado da eleição de um governo democrático. E é claro que os problemas continuam todos aí, que as mulheres precisam provar sua competência todos os dias, que as mulheres ainda são discriminadas no mercado de trabalho e ganham menos que homens na mesma função, que o número de feminicídios anda batendo recordes e que a lista de obstáculos a superar é imensa.

Mas o importante é que voltamos a sonhar com a possibilidade de novas conquistas. As mulheres jornalistas, especialmente, sabem quanto isso representa. Nos últimos quatro anos sofreram todo tipo de assédio, com ofensas à sua reputação moral, críticas mentirosas e xingamentos públicos e virtuais promovidos pelo então presidente da República e seus asseclas.

A ABI comemora o fim desse período sombrio, reafirmando seu engajamento na luta pelos direitos das mulheres e pela igualdade de gênero, que são pilares da democracia. E reforça seu compromisso com a diretoria das Mulheres e LGBTQIA+, que será uma das mais atuantes na atual gestão.

Esta campanha que se inicia no Dia Internacional da Mulher é a primeira de muitas iniciativas previstas por essa diretoria.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012