Sabatina do Estadão na ABI começa com Senador


21/08/2008


                                                                                                         Aline Sá

 Wilson Tosta, Irany Tereza e Marcelo Beraba (à direita) sabatinam Crivella (ao centro)

A Associação Brasileira de Imprensa foi o local escolhido pela sucursal carioca do Estado de S.Paulo para a realização de encontros com os candidatos à Prefeitura do Rio de Janeiro. As entrevistas são realizadas no Auditório Oscar Guanabarino, no 9º andar do edifício-sede da ABI, das 11h às 13h e foram abertas nesta quinta-feira, com Marcelo Crivella (PRB).

Sabatinado pelos jornalistas Marcelo Beraba, diretor da sucursal Rio do Estadão e mediador do encontro; Irany Tereza, editora regional da Agência Estado; e Wilson Tosta, repórter do Estadão no Rio, o Senador apresentou suas propostas de Governo nas áreas de saúde, educação, transporte e segurança.

Em primeiro lugar, disse ele, vem a necessidade básica do cidadão — e para cuidar dela Crivella pretende ampliar o Programa de Saúde da Família, criado pelo Governo Federal como forma de reorientação do modelo assistencial, mediante a implantação de equipes multiprofissionais em unidades básicas nos municípios mais carentes. Estas equipes são responsáveis pelo acompanhamento de um número definido de famílias, localizadas em uma área geográfica delimitada, e atuam com ações de prevenção, recuperação, reabilitação de doenças e agravos mais freqüentes, que resultam na manutenção da saúde da comunidade. Em Niterói, segundo Crivella, este programa atende 70% da população, mas no Rio, atinge apenas 5%.

Moradia

Sobre a habitação, o Senador afirmou que não há um programa governamental favorável às famílias que recebem até cinco salários mínimos. E garantiu que pretende criar um fundo municipal para subsidiar a construção de casas em áreas com infra-estrutura — água, gás, esgoto, luz etc. —, como as regiões próximas à Avenida Brasil e à Supervia, usando as empreiteiras do Estado. Crivella fez questão de destacar que construiu, na Bahia, o conjunto habitacional Fazenda Nova Canaã, com recursos da iniciativa privada e morou em uma das casas por algum tempo.

Na educação, o que o preocupa é o novo sistema de aprovação automática, implantado pelo ex-Prefeito Luiz Paulo Conde em 2000:
— Os professores da rede municipal de ensino se questionam se a criança aprende adequadamente. Pretendo acabar com este sistema, bem como com a precariedade da merenda escolar, melhorando a refeição dos estudantes — ressaltou. — Além do mais, aluno deve ir para o colégio uniformizado.

Quanto à segurança da cidade, o candidato defendeu a idéia de a Guarda Municipal cuidar das “pequenas atribulações, como brigas de casais, som alto após o horário da Lei do Silêncio, pequenos furtos e roubos”, deixando para a Policia Militar a responsabilidade de se encarregar do combate ao tráfico, dos grandes roubos e de erradicar a criminalidade.

Zona franca

No tocante à geração de empregos, ele apresentou um projeto denominado “Zona franca social”, cujo objetivo é reduzir impostos para que as empresas estabelecidas próximo às comunidades carentes ofereçam vagas e contratem moradores locais, no intuito de reduzir as taxas de subemprego — vendedores ambulantes e camelôs aí incluídos — e desemprego.

Remetendo à frase do Vice-presidente José Alencar “o Crivella é o candidato do coração do Lula”, o Senador resumiu seus planos:
— Quero me dignificar servindo os mais pobres.

E reiterou que não haverá perseguição religiosa ou homofóbica na cidade:
— Assim foi minha atuação no Senado. Nesses seis anos, não há nada que me acusem. Não vou pregar a Bíblia enquanto for Prefeito. O Prefeito é um conciliador, não pode ser o epicentro de mais uma crise.

Os próximos

A série de sabatinas prosseguirá até o dia 29, não ocorrendo no sábado (23) e no domingo (24). Nesta sexta-feira, 22, o entrevistado é o candidato Alexandre Molon (PT). Na próxima semana, serão recebidos na ABI Eduardo Paes (PMDB), Fernando Gabeira (PV), Solange Amaral (DEM), Chico Alencar (PSOL) e Jandira Feghali (PC do B). Os interessados em participar devem se inscrever no site www.estadao.com.br/sabatinas. As vagas são limitadas.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012