30 de setembro de 2022


Preconceito na Arábia Saudita


03/04/2009


Um grupo de trinta e cinco intelectuais da Arábia Saudita, entre professores universitários, magistrados, autoridades religiosas e altos funcionários do Governo, divulgaram um apelo contra a presença das mulheres na imprensa naquele país. Eles enviaram uma carta ao Ministro da Cultura e da Informação, Abdul Aziz Khoja, informando que a presença de mulheres na mídia é um “fenômeno que vai além dos limites estabelecidos pela lei islâmica, a ‘xariá”. No documento, publicado no jornal de Dubai Gulf News, é sublinhada a necessidade de respeito à tradição que proíbe às mulheres, inclusive cantoras e artistas, a exibição da imagem nos meios de comunicação.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012