Perigo no Azerbaijão


18/03/2008


O jornalista Agil Khalil, correspondente do jornal de oposição Azadlig, do Azerbaijão, foi esfaqueado na última sexta-feira, dia 14, por quatro homens, em Baku. É o segundo episódio de agressão contra Khalil, que, em 22 de fevereiro deste ano, foi agredido e ameaçado de morte caso não deixasse de investigar vendas ilegais de terras na capital do país. O jornalista alertou as autoridades azerbaijanas e forneceu fotos dos agressores, mas a polícia não investigou o crime. “Este ataque violento demonstra os perigos do Azerbaijão, onde os jornalistas de investigação são pressionados pelo Governo e pela violência de grupos criminosos”, afirmou o Secretário-geral da Federação Internacional dos Jornalistas (IFJ), Aidan White, que exigiu das autoridades locais a punição dos responsáveis.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012