O Estado de S. Paulo vence a principal categoria do Prêmio Esso 2014


Por Arcírio Gouvêa*

03/12/2014


 

Imagem de Santiago Ilídio Andrade atingido por um artefato foi vencedora do Prêmio Esse de Fotografia (Foto: Domingos Peixoto/ Agência Globo/AFP)

Imagem de Santiago Ilídio Andrade atingido por um artefato foi vencedora do Prêmio Esse de Fotografia (Foto: Domingos Peixoto/ Agência Globo/AFP)

“Com a reportagem “Sangue Político”, uma denúncia sobre os assassinatos por motivos políticos ocorridos no Brasil depois da promulgação da Lei da Anistia, em 1979, o jornalista Leonencio Nossa, do Jornal “O Estado de S. Paulo”, foi o grande vencedor do 59º Prêmio Esso de Jornalismo 2014, em solenidade ocorrida numa noite de gala no Copacabana Palace, Rio de Janeiro. Segundo a ExxonMobil, patrocinadora do evento, 85 jurados selecionaram os vencedores entre 1.047 trabalhos inscritos. A empresa anunciou que distribuiu R$ 112 mil em prêmios em dinheiro aos vencedores.

A Comissão de Premiação do Prêmio Esso de Jornalismo 2014, que julgou os trabalhos de mídia impressa (à exceção da categoria Fotografia), foi composta pelos jornalistas Gilberto Menezes Côrtes, Adriana Barsoti, Oscar Pilagallo, Paulo Sotero e Thales Guaracy. Coube à comissão examinar os 50 trabalhos finalistas e apontar os vencedores das categorias, além do Prêmio Esso de Reportagem e do principal reconhecimento, o Prêmio Esso de Jornalismo 2014.

Já a Comissão de Premiação de Telejornalismo foi formada pelos jornalistas Geraldo Mainenti, Henrique Lago e Theresa Walcacer, que indicou o trabalho vencedor num conjunto de oito finalistas. Uma comissão especial formada por 48 editores de fotografia dos principais veículos brasileiros e associações de fotógrafos profissionais foi encarregada de apontar a foto vencedora do Prêmio Esso de Fotografia 2014, num total de dez imagens finalistas.

Eduardo Ribeiro, Claudinéia Lage, Fábio Costa Pinto e Arcírio Gouvêa representaram a ABI (Crédito: ABI)

Eduardo Ribeiro, Claudinéia Lage, Fábio Costa Pinto e Arcírio Gouvêa representaram a ABI (Crédito: ABI)

O Presidente da Associação Brasileira de imprensa (ABI), Domingos Meirelles, esteve representado pelos Diretores Eduardo Ribeiro e Arcírio Gouvêa,respectivamente, de Jornalismo e Assistência Social. Eduardo Ribeiro é Editor-Diretor do Portal Jornalistas & Cia e Arcírio Gouvêa do Jornal SobreTudo Turismo. Ocuparam ainda as duas mesas destinadas à Entidade, os associados Lima de Amorim, Fábio Costa Pinto, Amicucci Gallo, Alcyr Cavalcante, Regina Marçal, Adilson Viana e Claudinéia Laje, entre outros representantes de vários veículos de comunicação do Rio de Janeiro.

A relação completa dos vencedores nas diferentes categorias é essa:

*Jornalismo

Leonencio Nossa, “Sangue Político”, publicado no Jornal “O Estado de S.Paulo”

e R$ 30.000,00

*Telejornalismo

Fábio Pannunzio, Victor Sá, Anísio Barros, Denis Romani, Alziro Oliveira, Fernanda Chamlian, André Pereira, Fábio Nikolaus, Raphael Cadamuro e Diego Costa, com o trabalho “O Avanço da Maconha”, veiculado na Rede Bandeirantes.

R$ 20.000,00

*Reportagem

Vinicius Jorge Sassine, José Casado, Danielle Nogueira e Eduardo Bresciani, com o trabalho “Farra de Aditivos na Refinaria Abreu e Lima”, publicado no Jornal “O Globo”.

10.000,00

*Fotografia

Domingos Peixoto, com a sequência de fotos intitulada “Crime à Liberdade de Imprensa”, publicada no Jornal “O Globo”, sobre o cinegrafista da Rede Bandeirantes, Santiago Andrade, que morreu após ser atingido na cabeça por rojão durante protestos contra a Copa do Mundo, ocorridos o ano passado na Central do Brasil.

10.000,00

*Informação Econômica

Vicente Nunes, Antonio Temóteo, Celia Perrone, Deco Bancillon, Diego Amorim, Luiz Ribeiro, Nívea Ribeiro, Rodolfo Costa, Rosana Hessel, Paulo Silva Pinto, Simone Kafruni e Vera Batista, com o trabalho “20 anos do real”, publicado no Jornal “Correio Braziliense”.

R$ 5.000,00

*Informação Científica, Tecnológica ou Ambiental

Cristiane Segatto, com o trabalho “O Lado Oculto das Contas de Hospital”, publicado na Revista “Época”

R$ 5.000,00

*Educação

Daniel Barros, com o trabalho “A Diferença Começa na Escola”, publicado na Revista “Exame”

R$ 5.000,00

*Especial de Primeira Página

Humberto Tziolas, Joana Ribeiro, Giselle Sant’Anna, Eduardo Pierre, André Hippertt e Sidinei Nunes, com o trabalho “Não Vai ter Capa”, publicado no Jornal “Meia Hora”

R$ 5.000,00

*Criação Gráfica – Jornal

Gil Dicelli, Luciana Pimenta, Guabiras e Pedro Turano, com o trabalho “Sertão a Ferro e Fogo”, publicado no Jornal “O Povo”, do Ceará

R$ 5.000,00

*Criação Gráfica – Revista

Rafaela Ranzani, Fernando Luna, Alex Cassalho, Bruna Sanches e Ian Herman, com o trabalho “De Olhos Fechados”,  publicado na Revista “TRIP”

R$ 5.000,00

*Prêmio Regional – Norte/Nordeste

Júlia Schiaffarino, com o trabalho “Vidas Partidas”, publicado no Jornal “Diário de Pernambuco”

R$ 3.000,00

*Prêmio Regional – Centro-Oeste

Mateus Parreiras e Luiz Ribeiro, com o trabalho “A Nova Fronteira da Sede”, publicado no Jornal “Estado de Minas”

R$ 3.000,00

*Prêmio Regional – Sul

Letícia Duarte e Félix Zucco, com o trabalho “Lições da Turma 11F”, publicado no Jornal “Zero Hora”

R$ 3.000,00

*Prêmio Regional – Sudeste

Guilherme Amado, com o trabalho “Os Embaixadores do Narcosul”, publicado no Jornal “Extra”

R$ 3.000,00

*Melhor Contribuição à Imprensa

A Comissão de Premiação da Mídia Impressa concedeu a distinção de Melhor Contribuição à Imprensa à “Revista Piauí”, “pelo resgate da grande reportagem, o trabalho do texto e o aprofundamento de temas atuais, com informação e espírito crítico”.

A Comissão de Premiação de Telejornalismo, por sua vez, atribuiu a distinção de “Melhor Contribuição ao Telejornalismo” à equipe da Rede Bandeirantes, formada pelos jornalistas Rodrigo Hidalgo, Tony Chastinet, Camila Moraes, Alziro Oliveira, Eduardo Reis e Walter Colling, pelo trabalho “Vila Socó – A Verdade Apagada. Segundo a comissão, o trabalho “destacou-se pela busca da notícia, através de documentação inédita, entrevistas exclusivas com sobreviventes da tragédia e pesquisa histórica, que contextualizaram a manobra do governo militar para esconder a morte de centenas de pessoas e deixar impunes os responsáveis”.

A Comissão Especial de Fotografia, a quem coube apontar o trabalho vencedor dentre os dez trabalhos fotográficos finalistas, foi constituída pelos jurados: Alaor Filho – PRINTRIO; Alberto Jacob Filho – ARFOC-RIO; Alcyr Cavalcanti – ARFOC; Alexandre Sassaki – O GLOBO; André Sarmento – ÉPOCA; Arnaldo Carvalho – JORNAL DO COMMERCIO – PE; Carlos Casaes – A TARDE–BA; Carlos Menandro – Vencedor do Prêmio Esso de Fotografia 1986; Clóvis Miranda – A CRÍTICA – AM; Diego Padgurschi – FOLHA DE S.PAULO; Eduardo Ribeiro – JORNALISTAS & CIA; Eduardo Soares de Queiroz – DIÁRIO DO NORDESTE; Eduardo Nicolau – O ESTADO DE S. PAULO; Élcio Alves – CORREIO POPULAR; Evandro Monteiro – Vencedor do Prêmio Esso de Fotografia 2005; Evandro Teixeira; Francisco Fontenele – O POVO (Fortaleza); Germano Lüders – EXAME; Gustavo Azeredo – EXTRA; Heitor Cunha – Diário de Pernambuco; Hélio Campos Mello – REVISTA BRASILEIROS – Vencedor do PEJ 1991; Jefferson Botega – ZERO HORA; João Alfredo Bruschz – GAZETA DO POVO; José Alves Filho – MEIO NORTE – PI; Leopoldo Mesquita – REVISTA FHOX; Luiz Armando Vaz – DIÁRIO GAÚCHO e ARFOC; Marcelo Rodrigues Silva – COMÉRCIO DA FRANCA – SP; Luiz Tajes – CORREIO BRAZILIENSE; Luiz Morier – Vencedor do Prêmio Esso de Fotografia 1983 e 1993; Marcelo Prates – HOJE EM DIA; Mara Lúcia da Silva – Carta Capital; Márcio Costa e Silva – CORREIO*; Monica Maia – Doc Galeria; Patrick Szymshek – LANCE; Paulo Marcos de Mendonça Lima; Paulo Rodrigues; Porthus Brito Jr. – PIONEIRO (Caxias do Sul); Reginaldo Manente – Vencedor do Prêmio Esso de Fotografia 82 – menção honrosa 62, 63 e 65; Rejane Araújo – O TEMPO; Rogério Pallatta – Revista Contigo; Rogério Reis – AGÊNCIA TYBA; Rubens Chiri – ARFOC-SP; Sergio Branco – FOTOGRAFE MELHOR; Sérgio Ranalli – FOLHA DE LONDRINA; Sidney Lopes – ESTADO DE MINAS; Silas Botelho – VALOR ECONÔMICO; Vitor Jubini Ventorin – A GAZETA – ES; Weimer Carvalho – O POPULAR – GO.”

*Arcírio Gouvêa é Diretor de Assistência Social da Associação Brasileira de Imprensa.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012