Morre Tomás Eloy Martínez


02/02/2010


O escritor e jornalista argentino Tomás Eloy Martínez, 75 anos, morreu neste domingo, 31, vítima de um câncer. Membro da Academia Nacional de Jornalismo, Martínez foi colunista dos jornais La Nacion, The New York Times e El País. Considerado um dos grandes jornalistas da história recente da Argentina, Martinez iniciou a carreira como revisor no La Gaceta, mas logo se tornou repórter, atuando nas principais publicações do país, como o semanário Primera Plana, o Opinión Cultural e a revista Panorama. Professor universitário, autor de mais de dez livros, Martínez também ajudou a criar o jornal Página 12. Durante a ditadura militar argentina, ficou exilado, entre 1975 e 1983, em Caracas, na Venezuela, onde foi editor do El Nacional, fundou o El diario de Caracas, e o Siglo XXI em Guadalaraja, no México. Atuou como repórter na França e nos Estados Unidos, onde lecionou na Universidade de Maryland. Em 2002, ganhou o “Alfaguara”, um dos mais importantes prêmios espanhóis pelo livro “O voo da rainha”. Em 2009, o El País concedeu-lhe o Prêmio Ortega y Gasset de Jornalismo.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012