Ministro aplaude publicações da ABI


16/06/2009


Em extensa mensagem dirigida ao Presidente da ABI, o Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, felicitou a Casa pela qualidade da edição de março do Jornal da ABI (n° 339) e do catálogo da exposição Traços Impertinentes, realizada no Centro Cultural Justiça Federal, de 17 de março a 26 de abril passado, como parte das comemorações do centenário da entidade. 

Na mensagem, o Ministro Patrus Ananias presta homenagem ao jornalista Tarcísio Holanda, “homem que devido ao seu profundo senso observador principalmente dos bastidores da política no Brasil contribuiu e contribui para o desenvolvimento de nossa imprensa”, e ao cartunista Henfil, que “fez da crítica uma arma de resistência ao regime ditatorial”. É o seguinte o texto de sua carta:
“Prezado Maurício,
Ao cumprimentá-lo cordialmente, envio minhas congratulações pelo desempenho da Associação Brasileira de Imprensa, que contribui sobremaneira para o desenvolvimento intelectual e cultural do País. O desenvolvimento social também envolve o trabalho democrático e republicano de uma imprensa livre, tópicos tão indissociáveis do protagonismo histórico da ABI. Nós, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, também contribuímos com o livre fluxo de informações por meio de nosso portal (www.mds.gov.br), no qual divulgamos de uma forma transparente todas as nossas políticas e resultados. 

Recebi e saboreei, com grande satisfação, o exemplar da edição de março do Jornal da ABI. Parabenizo-o pela bela e informativa publicação, especialmente pela matéria na qual homenageia o jornalista Tarcísio Holanda, homem que devido ao seu profundo senso observador principalmente dos bastidores da política no Brasil contribuiu e contribui para o desenvolvimento de nossa imprensa. Gostei muito de saber um pouco mais sobre a trajetória desse excelente profissional e me diverti com a perspicácia dele durante o episódio sucedido entre ele e o Senador Virgílio Távora. 

Ao renovar meus agradecimentos pela lembrança e gentileza, aproveito para felicitá-lo pelo sucesso da exposição Traços Impertinentes. Eventos como esse auxiliam no resgate da memória de personagens de grande relevância para a História de nosso País, como foi o inesquecível Henfil. O cartunista, com seu combativo e alegórico humor gráfico, fez da crítica uma arma de resistência ao regime ditatorial. Juntamente com seu, não menos saudoso, irmão Betinho, foi um dos mais ardorosos defensores das liberdades democráticas e da justiça social. 

Desejo-lhe os mais sinceros votos de contínuo êxito em suas atividades, extensivos a todos da Associação Brasileira de Imprensa, bem como a toda a equipe do jornal.
Cordialmente (a) Patrus Ananias, Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.”

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012