19 de agosto de 2022


Mais agressões a jornalistas. Agora em Manaus


06/11/2020


Jornalistas Rosiene Carvalho, Cynthia Blink, Adriano Santos e Jullie Pereira (Foto de SJPAM)

Quatro profissionais da imprensa registraram, ontem, boletim de ocorrência, depois de agredidos pela sargento PM Michele Welche Silva Lobo, integrante da segurança do vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida Filho (PTB).

Rosiene Carvalho, repórter da rádio Band News e correspondente do UOL; Jullie Pereira, repórter e apresentadora do site Amazonas Atual; Cynthia Blink, repórter da Rádio Mix e portal O Amazonês; e Adriano Santos, fotógrafo do portal Manaós, denunciaram ter sido ameaçados, empurrados e impedidos de gravar imagens de uma entrevista coletiva do vice-governador no dia 28 de outubro.

A entrevista tinha sido convocada para esclarecer a suposta participação do vice-governador na compra superfaturada de respiradores para tratamento de pacientes com covid-19, para hospitais da rede estadual de saúde.
Em vez de responder aos jornalistas, porém, Almeida Filho se limitou a ler um texto e encerrar a coletiva.

Diante dos protestos dos jornalistas, aconteceu a agressão por parte da sargento.

Episódios como este vêm se multiplicando a cada dia, estimulados pela conduta agressiva do presidente contra os profissionais da imprensa.

A ABI não vai se calar.

Continuará exigindo o respeito à liberdade de expressão e ao trabalho da imprensa.

 

Paulo Jeronimo

Presidente da ABI

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012