26 de novembro de 2022


Maio de 1968, a revolta
vista 50 anos depois


03/05/2018


Fotografia do acervo da exposição (Philippe Gras )

O governo da França realiza de 2 a 28 de maio, no Rio, Vitória e Paraty, seminários, exposições de fotos e exibição de filmes sobre as revoltas estudantis que eclodiram em vários países, em especial na França e no Brasil.

No Rio de Janeiro, as comemorações serão abertas no Consulado da França com exposição do fotógrafo francês Philippe Gras sobre o movimento estudantil. Na extensa programação destacam-se painéis sobre censura e cobertura jornalística. Em um dos painéis o professor francês Jean Yves Mollier abre as discussões sobre “As mil e uma faces da censura, ontem e hoje” e discussões com os professores Dulce Pandolfi e Marcelo Ridenti  sobre o tema “História, Censura e sociedade no Brasil”; e com o jornalista francês Edwy Plenel  sobre o tema “Quem ameaça a verdade? Imprensa e censura na época dos fake News?”. Haverá também no dia 14 exibição do filme, no cine da Maison de France no Rio: “Politica: maio de 68, uma estranha primavera” de Dominique Beaux.

Alguns eventos serão gratuitos.

A programação completa está no site riodejaneiro.consulfrance.org

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012