Jornalista e escritora bielorrussa vence Prêmio Nobel de Literatura 2015


Por Claudia Sanches

08/10/2015


premio nobel literatura

A jornalista Svetlana Alexievich (Foto: Reprodução)

Nesta quinta-feira (8) a jornalista e escritora bielorrussa Svetlana Alexievich, de 67 anos, ganhou o Nobel de Literatura 2015. Ela é a 14ª mulher agraciada pela premiação. o anuncio foi feito em Estocolmo, na Suécia, pela escritora Sara Danius, primeira mulher a entregar um Nobel de Literatura.

De acordo com o G1, o comitê da Academia justificou que Svetlana foi escolhida por sua “obra polifônica, um monumento do sofrimento e da coragem em nosso tempo”.

Nascida na Ucrânia, mas criada na Bielorrússia, Alexievich dedicou seu trabalho para construir um retrato da vida de pessoas que viveram – e viram o colapso – da União Soviética. Em um de seus livros mais famosos, “Voices from Chernobyl: Chronicle of the Future” (sem tradução), de 1999, ela ouviu mais de 500 testemunhas da maior catástrofe nuclear.

Até hoje, os livros de Alexievich já foram traduzidos para 22 línguas, mas nenhum deles foi publicado no Brasil.

Svetlana Alexievich estudou jornalismo na Universidade de Minsk entre 1967 e 1972. Após a graduação, ela trabalhou num jornal local na província de Brest. Depois, retornou à Minsk, onde prestou serviços para o diário Sel’skaja Gazeta.

A escritora dedicou anos para reunir conteúdo para seu primeiro livro “War’s Unwomanly Face” (1988), baseado em entrevistas com diversas mulheres que participaram da Segunda Guerra Mundial.

A produção integra o ciclo de livros “Voices of Utopia”, no qual retrata a vida na União Soviética a partir da perspectiva do indivíduo. Entre suas obras traduzidas para o inglês, estão Zinky Boys: Soviet Voices from a Forgotten War (1992), Zinky Boys: Soviet Voices from the Afghanistan War (1922) e Voices from Chernobyl.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012