Imprensa pede liberdade na China


07/03/2008


A imprensa estrangeira exige do governo chinês a libertação de todos os jornalistas presos no país antes do início das Olimpíadas. Em documento encaminhado ao Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta quinta-feira, dia 6, políticos, atletas e ativistas pedem que a cúpula do regime comunista de Pequim cumpra o compromisso assumido em 2000, ao conquistar a vaga para sediar os Jogos, e solte os 30 jornalistas e 50 dissidentes da mídia virtual. A Associação Mundial de Jornais, representantes dos diários USA Today, Metro (Polônia) e Birmingham Mail (Reino Unido) e a agência de notícias russa RIA Novosti lembram no documento que “os nossos colegas dos meios de comunicação na China merecem solidariedade e apoio em seus esforços corajosos para serem livres e independentes diante de esmagadora repressão”.

    

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012