IFJ protesta contra mortes na Somália


25/05/2009


A Federação Internacional dos Jornalistas (IFJ) divulgou nesta segunda-feira, 25, um comunicado em protesto contra o assassinato do jornalista somali Abdirisak Mohamed, ocorrido no último dia 21. Mohamed, que trabalhava na Rádio Shabelle, foi morto a tiros perto de Bakara Market, em Mogadíscio, capital da Somália. Ele é o terceiro jornalista morto no país desde o início deste ano. Segundo a IFJ, os crimes objetivam “intimidar e censurar a imprensa no país”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012