Fotógrafo morto no Zimbábue


30/07/2008


O fotojornalista irlandês Richard Mills, de 42 anos, que trabalhava para o The Times, foi encontrado morto em um quarto de hotel, na cidade de Harare, no Zimbábue, onde realizava reportagem sobre a crise política na região. Segundo as autoridades do país, o jornalista morreu por auto-asfixia em decorrência de enforcamento. No entanto, a família duvida da hipótese de suicídio e exige uma investigação sobre o caso. Para a Federação Internacional de Jornalistas (IFJ) e o Sindicato Nacional dos Jornalistas Britânicos (NUJ), esta morte é “mais uma sombra que paira sobre a crise democrática do Zimbábue”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012