Festa para a Edição do Centenário


25/06/2008


A Associação Brasileira de Imprensa promove na sexta-feira, dia 27, o lançamento do Jornal da ABI — Edição Especial do Centenário — Volume 1. O evento — durante o qual será oferecido um vin d’honneur para os convidados — será às 19h, na Livraria da Travessa, do Shopping Leblon, localizada na Avenida Afrânio de Mello Franco, 290, loja 205-A.

Na abertura da edição especial, o editorial “Nossa vocação: a liberdade”, assinado pelo Presidente da ABI, Maurício Azêdo, destaca que a história da Casa é marcada por “uma trajetória que exalta a importância da informação livre”.

Para essa edição, o Jornal da ABI foi dividido em quatro blocos. No primeiro, um artigo do arquiteto Nireu Cavalcanti — professor do Curso de Pós-graduação de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense (UFF) — fala da cidade, do País e do quadro social à época da fundação da entidade. Nireu Cavalcanti ressalta que, quando a ABI foi fundada, o município do Rio de Janeiro “tinha passado por decisivas intervenções urbanas que lhe deram imagem cosmopolita, moderno-eclética e, sobretudo, republicana”.

Contribuiu também para essa parte da história a socióloga e pesquisadora da FGV Lucia Lippi Oliveira, autora do livro “Cultura e patrimônio, um guia”, do qual o jornal reproduz um artigo sobre a primeira década do século XX. Outra destacada colaboração nesse primeiro bloco da edição especial da Edição Especial do Centenário é a do acadêmico Evaristo de Moraes Filho, com um texto sobre os direitos sociais na Primeira República.

Fundadores

O segundo bloco da publicação foi reservado para exaltar a figura do idealizador da ABI, Gustavo de Lacerda, além de lembrar a reunião de criação da entidade e os demais fundadores. Quem fala das aspirações do humilde repórter, nascido na antiga província de Desterro, atual Santa Catarina, é o jornalista Moacir Pereira, biógrafo de Gustavo de Lacerda. A jornalista Cecília Costa, colunista do ABI Online e membro do Conselho Deliberativo da Associação, fala da aura festiva que pairava então sobre o Rio de Janeiro, recém-reformado por Pereira Passos quando a entidade foi criada. 

O terceiro bloco é dedicado àqueles, dentre muitos, que definiram o nosso modo de fazer jornalismo, como Paulo Barreto, conhecido como João do Rio, Samuel Wainer, Octavio Malta, Eugênia Álvaro Moreyra, Luiz Paulistano, Oto Maria Carpeaux, Carlos Lacerda, Zuenir Ventura, Carlos Castelo Branco, Hélio Fernandes, Murilo Mello Filho, Newton Carlos, Ledo Ivo e Eli Azeredo.

No quarto e último bloco, o jornalista e Conselheiro da ABI Pery Cotta assina matéria especial sobre a histórica passeata dos 100 mil, que tomou conta das ruas do Centro do Rio, em junho de 1968. A manifestação mereceu uma edição especial do Correio da Manhã, que Cotta conseguiu resgatar especialmente para essa edição.

Colaboradores

Além de Nireu Cavalcanti, Lúcia Lippi Oliveira, Cecília Costa, Pery Cotta, Evaristo de Moraes Filho e Moacir Pereira, o Jornal da ABI — Edição especial do centenário — Volume 1 contou com a colaboração de João Carlos Rodrigues, Pinheiro Júnior, Dácio Malta, Octavio Malta, Sandra Moreyra, Pedro do Coutto, Maurício Azêdo, Danton Jobim, Pompeu de Souza e Carlos Lemos.

Impresso em papel couchê, o jornal tem 82 páginas, com fotos e ilustrações dos acervos da Biblioteca Bastos Tigre (da ABI), Jornal do Commercio, Tribuna da Imprensa, Agência Folha, Agência Globo, Nireu Cavalcanti, Lúcia Lippi Oliveira, Instituto Moreira Sales, João Carlos Rodrigues, Família Octavio Malta, Família Eugênia Álvaro Moreira, Família Luiz Paulistano e Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.

Patrocinaram a edição especial o Governo do Estado do Rio de Janeiro, TV Globo, Volkswagen do Brasil, Odebrecht, Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Caixa Econômica Federal (CEF), Febraban e BNDES. Com mensagens alusivas ao centenário da ABI, também apoiaram a edição a Academia Brasileira de Letras (ABL), Grupo Abril, Souza Cruz, Portal Imprensa, LBV, Folha de S.Paulo, Estadão, Jornal do Commercio, TV Brasil, Petrobras, Grupo Gerdau, Banco Santander e Coca-Cola.

O Jornal da ABI faz menção também às peças publicitárias criadas especialmente para a comemoração dos cem anos da entidade: o anúncio “Uma vírgula muda tudo”, nos formatos impresso e audiovisual, criado pela agência África, do publicitário de Nizan Guanaes, com texto de Fábio Seide e Bruno Brasil e produção da Visorama.

Os interessados em conseguir um exemplar da edição especial do Jornal da ABI poderão solicitá-lo por carta à Associação (Rua Araújo Porto Alegre, 71, 7º andar, Centro, Rio de Janeiro-RJ. CEP 20030-012), ou pelo e-mail centenario.rsvp@abi.org.br.

    

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012