Ex-apresentadora da Fox acusa diretor de assédio


07/07/2016


Apresentadora denunciou ex-patrão por assédio sexual grave e generalizado

Apresentadora denunciou ex-patrão por assédio sexual grave e generalizado

A ex-apresentadora da Fox News Gretchen Carlson entrou com uma ação na Justiça contra o diretor-geral da emissora, Roger Ailes, após ser demitida por recusar as propostas sexuais dele.

Segundo a Agência de Notícias AFP, a ex-Miss Estados Unidos trabalhava na Fox News há mais de dez anos e se queixou de assédio sexual grave e generalizado.

Na denúncia, Gretchen diz que foi demitida após conversar com o diretor da emissora sobre seu comportamento e reclamar de suas atitudes para com ela. Em setembro de 2015, segundo ela, Ailes falou: “Eu acho que eu e você deveríamos ter tido uma relação sexual há muito tempo. Você ficaria melhor e eu também”. Após recusar o “convite”, Gretchen passou a ter seu trabalho sabotado e acabou demitida no último 23 de junho.

“Lutei pelo empoderamento feminino durante toda a carreira. Precisava me posicionar e falar a favor de todas as mulheres [que sofrem abuso] no trabalho”, afirmou a jornalista em seu perfil no Facebook, ao divulgar o caso.

Segundo a defesa da apresentadora, há evidências suficientes para comprovar seus relatos. “Gretchen foi demitida por se posicionar contra comportamentos degradantes e discriminatórios dentro e fora dos estúdios”, afirmou sua advogada, Nancy Erika Smith.

Em nota, a 21st Century Fox afirmou que leva “muito a sério este assunto” e que havia “realizado um exame interno”. A empresa destacou ter “plena confiança” em Ailes, “que serviu brilhantemente à Fox durante mais de duas décadas”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012