17 de agosto de 2022


Em nota, ARI repudia ofensas de Bolsonaro a jornalistas


19/02/2021


NOTA DE REPÚDIO

A Associação Riograndense de Imprensa repudia com veemência as ofensas do presidente Jair Bolsonaro aos profissionais de imprensa do país, em manifestação referente às notícias sobre gastos do Governo Federal no ano passado. Nesse sentido a direção da entidade cobra uma posição firme do Congresso Nacional, no que diz respeito as manifestações desrespeitosa feitas pelo chefe do executivo. Confrontado com a informação de que R$ 15 milhões de recursos dos contribuintes foram gastos na aquisição de leite condensado e R$ 2,2 milhões em chicletes, além de outras compras extravagantes, o presidente disparou sua metralhadora de palavrões contra os jornalistas, numa tentativa solerte de desviar a atenção da opinião pública da inépcia governamental no tratamento da pandemia de Covid-19.É dever da imprensa fiscalizar o poder público em nome dos cidadãos, que precisam de informações e opiniões independentes para formarem seus próprios juízos a respeito dos governantes. Ao atacar e ofender aqueles que noticiam a verdade, o presidente desrespeita o direito das pessoas de serem informadas e atinge a própria democracia, além de sonegar dos contribuintes brasileiros a transparência devida ao uso de recursos públicos.

Associação Riograndense de Imprensa

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012