ELN liberta jornalista


20/06/2008


Após quatro meses de cativeiro, o jornalista colombiano Mario Alfonso Puello e duas pessoas que o acompanhavam foram libertados nesta sexta-feira, 20, pelos guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN). Segundo comunicado da Fundação para a Liberdade de Imprensa, os três foram entregues, muito abatidos, a uma missão do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), na Zona Rural da cidade de Riohacha, na Colômbia. O jornalista e seus acompanhantes tinham sido seqüestrados em 17 de fevereiro por rebeldes do ELN em uma estrada que liga as capitais de Santa Marta (Magdalena) e Riohacha (La Guajira). Na mesma ação, também foi feito refém o Reitor da Universidade Nacional Aberta e à Distância (Unad), Aldo Brito Carrillo, que conseguiu fugir pouco depois.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012