Eles apoiaram


29/04/2005


                           Amicucci Galo

Ivan Proença e Sérgio Cabral: eleição

 

Sérgio Cabral

“Percorro os nomes da Chapa Prudente de Moraes, neto, a começar por este, Maurício Azêdo, e encontro apenas excelentes motivos para votar nela. Noel Rosa diria que a Chapa Prudente de Moraes, neto não resta a menor dúvida.” 

Audálio Dantas

“A ABI reencontra a sua história, marcada pela defesa das liberdades democráticas e dos direitos humanos, com a diretoria que tem à frente o companheiro Maurício Azêdo, cuja trajetória profissional e participação nas lutas da categoria é reconhecida em todo o País.”


Cícero Sandroni
Membro da Academia Brasileira de Letras 

“Acompanho com grande interesse a vida da ABI e admiro o trabalho de revitalização da Casa empreendido desde a sua posse, em maio de 2004, pela Diretoria liderada por Maurício Azêdo. Por isso vou votar na Chapa Prudente de Moraes, neto, que reúne nomes da mais alta expressão do jornalismo brasileiro, como Alberto Dines, Arthur Poerner, Audálio Dantas, Fernando Barbosa Lima, Mário Barata e tantos outros. Essa Chapa constitui a garantia de que terá continuidade o belo trabalho ora em curso na nossa ABI.” 

Murilo Melo FilhoMembro da Academia Brasileira de Letras 

“Basta ver o nome de Prudente de Moraes, neto como patrono desta chapa para que eu vote nela, inclusive porque está constituída de profissionais que muito honram a nossa comum profissão de jornalistas, hoje, mais que nunca, necessitada da sua ajuda, do seu trabalho e da sua correção.” 


Oscar Niemeyer
 

“O meu apoio nessa eleição é para a Chapa Prudente de Moraes, neto.” 


Villas-Bôas Corrêa

“A Casa, agora, alia à tradição de defesa da liberdade a eficiência administrativa.” 


Renato Guimarães

“Acompanho as atividades e as lutas de Maurício Azêdo desde que, nos anos 70, ele colaborou para a gestão vitoriosa de meu irmão Fausto Cupertino como Diretor das Atividades Culturais da ABI. À frente da Casa dos Jornalistas, Maurício Azêdo tem restabelecido a imagem de competência das melhores administrações da ABI. Por isso apóio a sua Chapa Prudente de Moraes, neto e convido todos os que querem a ABI na posição que lhe cabe a que não se rendam a aventureiros, votem com entusiasmo na Chapa Prudente de Moraes e trabalhem por sua vitória nas eleições do dia 29 de abril.” 


Roberto M. Moura

“Tenho amigos nas duas chapas. Tudo o que eu queria era evitar uma divisão que ignora as virtudes de muitos dos integrantes de ambas. Eu estava desde 1986 afastado de qualquer movimento político e sindical, desencantado com a atuação do nosso Sindicato dos Jornalistas. A partir de 2004, tive o prazer de me reintegrar e ficar junto da categoria no que ela tem de melhor, mais atuante e mais competente. No Conselho Deliberativo, para o qual fui eleito em 2004, tenho testemunhado o trabalho desenvolvido sob a liderança de Maurício Azêdo. Por coerência, fico ao lado dele. Fico com a Chapa Prudente de Moraes, neto que ele lidera.” 

Ricardo Kotscho

“É com muita alegria e honra que acabo de receber o convite de Audálio Dantas para integrar a Chapa Prudente de Moraes, neto. Há uns 30 anos, quando participei pela primeira vez do Conselho da ABI, era ele o Presidente (estamos ficando meio velhos). Mais tarde minha mulher passa o fax (ainda não aprendi a mexer nisso), mas já podem contar comigo. Grande abraço.” 

Zilmar Basílio

“Chapa é Prudente de Moraes, neto, o Presidente é Maurício Azêdo, que, carinhosamente, chamo de mestre. No time só há craques. Voto neles!” 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012