Deputado exige regras para a imprensa


05/07/2010


O Presidente interino da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), recomendou à assessoria jurídica da Casa que defina regras para evitar o constrangimento de parlamentares por parte de jornalistas.
 
Maia manifestou solidariedade ao Deputado Nelson Trad (PMDB-MS), que agrediu uma equipe do humorístico “CQC”, da TV Bandeirantes, após saber que subscrevera um abaixo-assinado para incluir um litro de cachaça o Bolsa Família. Uma contratada do programa de TV coletou assinaturas de apoio a uma proposta fictícia de emenda à Constituição.
 /DIV>

Na confusão, um cinegrafista teve parte do equipamento danificado. A repórter Monica Iozzi chegou a ser empurrada. As imagens foram ao ar na segunda-feira.
 
Segundo Marco Maia, as ações devem preservar a liberdade de imprensa, mas assegurar o direito dos deputados de não autorizarem o uso de imagens pelos programas de humor.
Para Marcelo Tas, o programa de TV “mostrou como ninguém lê o que assina no Congresso”. Com informações da Folha de S. Paulo.
 
 
 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012