Centro de Mídia da Copa é inaugurado no Rio


Por Cláudia Souza e Igor Waltz

02/06/2014


 

IBC (Foto: Daniel Ramalho/Portal Terra)

IBC (Foto: Daniel Ramalho/Portal Terra)

O Centro Internacional Transmissão de Imprensa (IBC, na sigla em inglês) da Copa do Mundo foi inaugurado oficialmente na manhã desta segunda-feira, dia 2, no Riocentro, Zona Oeste do Rio. Instalado em um pavilhão com 55 mil metros quadrados, o IBC atenderá profissionais de imprensa e veículos de comunicação credenciados para a cobertura da Copa do Mundo no Brasil.

Apesar de ter sido apresentado oficialmente nesta segunda-feira, o centro de imprensa já funciona desde o último dia 12. No total, 86 emissoras de rádio e de TV de 41 países estão licenciadas para usar as instalações. O IBC conta com 17 estúdios de TV, sendo o maior deles com 400m², e levou cinco meses para ser construído. Para servir aos milhares de profissionais de imprensa de todo o mundo que devem circular pelo local.

Participaram da inauguração o governador do Estado do Rio, Luiz Fernando Pezão, o prefeito da cidade, Eduardo Paes, e diversas autoridades esportivas,

— Estamos dando um importante pontapé inicial para a transmissão da Copa do Mundo. Durante um mês teremos aqui o maior estúdio de TV do mundo, afirmou o diretor da TV Fifa, Niclas Ericson,

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, elogiou o centro de imprensa e minimizou as críticas ao Mundial no Brasil.

— Os primeiros times estão chegando e hoje inauguramos os IBC. Para quem tinha dúvida, a Copa já está acontecendo.

O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Genildo Lins destacou em seu discurso o legado do IBC para o país-sede da Copa.

De acordo com Luis Manuel Rebelo Fernandes, secretário-executivo do Ministério do Esporte, a tecnologia implantada permitirá o fornecimento de internet de alta velocidade a baixo custo.

— Esse esforço nos permitiu, pela primeira vez, conectar a região amazônica com cabos de fibra ótica ao resto do País.

A imprensa nacional e internacional também terá à disposição um Centro Aberto de Mídia (CAM), que funcionará no período de 9 de junho a 14 de julho, no Forte de Copacabana, Zona Sul do Rio.

Marinho Chagas

O ex-jogador de futebol Marinho Chagas, que morreu no último domingo, dia 1º de junho, foi homenageado durante o evento.

— Um dos maiores nomes da seleção brasileira na Copa de 1974, Marinho Chagas era um entusiasta da Copa e do esforço que a cidade de Natal fez para ser uma das sedes do Mundial, lembrou Luís Fernandes.

O presidente da CBF José Maria Marin lamentou a morte do jogador, a quem admirava pelas atuações na Seleção Brasileira e manifestou os pêsames à família. O presidente da Fifa, Joseph Blatter Fifa também repercutiu a morte do ex-jogador através do site oficial da Federação.

Marinho Chagas, 62 anos, morreu na madrugada deste domingo, em um hospital de João Pessoa (PB), com quadro de uma hemorragia digestiva, O corpo foi velado no Estádio Frasqueirão, em Natal, e o sepultamento foi realizado nesta segunda-feira, dia 2.

Francisco das Chagas Marinho nasceu em Natal, no dia 8 de fevereiro de 1952. Jogou no ABC, passou pelo América-RN e pelo Náutico, antes de se transferir para o Botafogo, com atuações que o levaram à Seleção Brasileira, da Copa do Mundo de 1974. Lateral com características ofensivas, Marinho também se destacou  no Fluminense e  no São Paulo.

Zico defende a Copa

Em um ato público realizado nesta segunda-feira, 2, na sede da Associação Brasileira de Imprensa – ABI em homenagem ao tradicional clube carioca América, que vem passando por dificuldade financeiras, o ídolo do futebol Zico demonstrou grande expectativa para a o Mundial.

— O futebol é uma marca do Brasil, é parte da nossa cultura. A Copa vai deixar uma grande herança. Mas é preciso não perder de vista o patrimônio já construído por clubes como o América, que muito fizeram pela história do futebol brasileiro e hoje se encontram em uma situação delicada, disse o ex-jogador e empresário do esporte, que iniciou sua carreira no time antes de se transferir para o Flamengo.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012