1 de outubro de 2022


Censura cresce na mídia ambiental


08/06/2010


A ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF) divulgou relatório denunciando o aumento de casos de violência contra jornalistas que cobrem questões ambientais. O estudo foi lançado no último sábado, dia 5, quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente. Um dos casos citados pela ONG refere-se ao jornalista brasileiro Lúcio Flávio Pinto, fundador do Jornal Pessoal, de Belém do Pará-PA, alvo de ações judiciais após publicar uma séreie de reportagens sobre o desmatamento na Amazônia. O relatório cita também o documentarista franco-espanhol José Huerta, processado por denunciar o impacto ambiental e social resultante de um empreendimento turístico no Ceará. De acordo com a RSF, “o principal obstáculo para a cobertura independente e de qualidade dessas questões está na cumplicidade entre o setor privado e as autoridades locais”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012