Al-Zawahri assumea Al-Qaeda


16/06/2011


A Al-Qaeda anunciou nesta quinta-feira, dia 16, o nome que do médico egípcio Ayman al-Zawahri, 60 anos, número 2 da organização, como o sucessor de Osama bin Laden, na chefia da organização terrorista. O egípcio passa a ser o homem mais procurado do mundo.  O Departamento de Estado norte-americano oferece um prêmio de 25 milhões de dólares por sua captura.
 
Nascido em 19 de junho de 1951, em Maado, próximo ao Cairo, Al-Zawahiri se formou em medicina pela Universidade do Cairo. Principal porta-voz da rede terrorista, o médico permanece escondido desde os atentados aos EUA, em 11 de setembro de 2001.
 
A mulher, o filho e as duas filhas de Al-Zawahiri foram mortos durante ataques norte-americanos em Kandahar em dezembro de 2001.
 
Al-Zawahiri, que passou a integrar a Irmandade Muçulmana aos 15 anos. Por seu envolvimento no assassinato do Presidente egípcio Anuar al-Sadat em 1980, Al-Zawahiri foi preso durante três anos.
 
A aproximação com Bin Laden começou na “jihad” (guerra santa) contra os soviéticos. Al-Zawahiri pertencia à facção islâmica egípcia que se uniu à Al-Qaeda em 1998.
 
Condenado à morte à revelia no Egito por uma série de atentados, Al-Zawahiri passou a integrar a “lista negra” de Washington pelo apoio aos atentados contra as Embaixadas dos Estados Unidos no Quénia e na Tanzânia, em agosto de 1998.
nbsp;
A morte de Al-Zawahiri chegou a ser anunciada e 2002 e 2007, mas o médico reapareceu denunciando a política norte-americana no Afeganistão e no Iraque.
 
*Com informações da agência Lusa.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012