Abraji lança curso gratuito sobre jornalismo local


25/06/2020


A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), em parceria com o Facebook Journalism Project, relança o curso Jornalismo Local Sustentável, destinado a profissionais que trabalhem em meios de comunicação de abrangência local ou que tenham projetos para empreender nesse setor. O curso, gratuito, será o mesmo de 2019, com conteúdo igual ao da edição anterior, que teve 3,5 mil inscritos.

As aulas são divididas em quatro módulos: Jornalismo local de qualidade, Territórios e comunidades, Ferramentas digitais para jornalista e Jornalismo economicamente sustentável. Ao longo do curso, os participantes aprenderão sobre fundamentos do jornalismo; uso de smartphones para produção de vídeos; novas linguagens, como dados e podcasts; análise de redes sociais; ferramentas que aumentam a produtividade jornalística; técnicas de medição de audiências, entre outros.

Marcelo Träsel, presidente da Abraji, destaca a importância do Jornalismo Local. Para ele, “a existência de veículos de imprensa saudáveis nos municípios é fundamental para a democracia, porque é nos municípios que a cidadania acontece todos os dias. Pesquisas mostram que nas cidades onde há jornalismo independente há menos casos de mau uso do dinheiro público. Além disso, o contato com o jornal, emissora ou website local é uma forma de o cidadão conhecer na prática o trabalho dos jornalistas, o que pode contribuir para aumentar a credibilidade na imprensa como um todo”.

As inscrições vão até 30/6 e são limitadas a até 1,5 mil participantes. Caso o número de inscritos seja inferior, a Abraji abrirá uma lista de espera para estudantes de Jornalismo.

Fonte: Portal dos Jornalistas

A Diretoria decidiu reabrir o prédio da ABI das 9h às 17h, apenas com serviço de portaria, ascensoristas e funcionários da limpeza, seguindo protocolos mínimos:

– Uso de máscaras;
– Termômetro digital para medir a temperatura dos usuários do prédio;
– Distanciamento de 1,5 metros na portaria entre as pessoas para subir no elevador;
– Os elevadores só poderão levar no máximo 2 pessoas e levarão passageiros do 4° ao 8° andar, o acesso ao 2° e 3° andar será feito pelas escadas;
– Os elevadores terão um recipiente de álcool gel para ser utilizado e serão desinfetados a cada 2 horas ;
– Não poderá haver aglomeração em nenhum andar.

Antero Luiz Martins da Cunha
Diretor Administrativo