ABI sai em defesa de
Glenn Greenwald


05/07/2019


A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) externa seu profundo repúdio e indignação diante da inaceitável e odienta campanha, que vem sendo implementada contra um dos mais conceituados jornalistas do mundo, o editor do site The Intercept Brasil, Glenn Greenwald, e sua família.

Tal campanha, orquestrada pelo que há de mais atrasado politicamente na sociedade brasileira – saudosos da censura, das prisões e torturas de jornalistas, que caracterizaram os 21 anos de ditadura militar – tem por objetivo tentar criar um clima de medo e impedir que os profissionais da imprensa desempenhem, de forma livre, a sua função social de informar e esclarecer a sociedade.

Para a ABI, todo e qualquer ataque a Glenn Greenwald representa uma ameaça aos jornalistas brasileiros e às liberdades de imprensa e expressão, garantidas pela Constituição brasileira.

 

Paulo Jerônimo de Sousa

Presidente da ABI

 

A Diretoria decidiu reabrir o prédio da ABI de 07/07/2020 até 10/07/2020 das 9h às 17h, apenas com serviço de portaria, ascensoristas e funcionários da limpeza, seguindo protocolos mínimos:

– Uso de máscaras;
– Termômetro digital para medir a temperatura dos usuários do prédio;
– Distanciamento de 1,5 metros na portaria entre as pessoas para subir no elevador;
– Os elevadores só poderão levar no máximo 2 pessoas e levarão passageiros do 4° ao 8° andar, o acesso ao 2° e 3° andar será feito pelas escadas;
– Os elevadores terão um recipiente de álcool gel para ser utilizado e serão desinfetados a cada 2 horas ;
– Não poderá haver aglomeração em nenhum andar.

Antero Luiz Martins da Cunha
Diretor Administrativo