1 de outubro de 2022


Violência no Ceará


21/05/2010


O jornalista Gilvan Luiz Pereira, 41 anos, de Juazeiro do Norte, no Ceará, foi sequestrado e torturado por homens encapuzados, na noite de quinta-feira, 20. Fundador do jornal Sem Nome, Gilvan, denuncia no jornal as irregularidades na administração do Prefeito de Juazeiro do Norte, Manoel Raimundo de Santana Neto (PT). De acordo com a polícia local, o jornalista foi seqüestrado em frente à sua residência, por três homens que ocupavam um automóvel, dentro do qual Gilvan foi encontrado horas depois, na localidade de Vila Três Marias. Ainda de acordo com a Polícia, a vítima estava desacordada, amarrada, com diversos ferimentos no corpo e rosto. Nenhum objeto do jornalista foi roubado. Na Clínica São José, onde está internado, o jornalista disse que desmaiou após ser atingido por chutes e coronhadas. Testemunhas afirmaram à Polícia que os três criminosos fugiram em um Gol de cor azul. As informações são do jornal O Povo, do Ceará, e do Portal Imprensa.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012