2 de dezembro de 2022


Governo da Venezuela proíbe citação de empresário


17/09/2018


Imagem: Reprodução)

Sites de notícia da Venezuela já se acostumaram com as tentativas de censura do governo de Nicolás Maduro. Em muitos casos, não podem evitar. É o que acontece neste momento com Arnando.info, um dos portais de jornalismo investigativo mais influentes no país.

Conforme informações divulgadas pelo site venezuelano El Estímulo, a Comissão Nacional de Telecomunicações, órgão estatal da Venezuela, determinou que os provedores de internet tomem medidas para evitar que o nome do empresário colombiano Alex Saab seja citado por quatro jornalistas que trabalham para o Armando.info.

Os profissionais já vêm sofrendo com a perseguição de Maduro há algum tempo por conta das denúncias que fazem contra o presidente. Duas delas, inclusive, ligam o Saab a uma empresa que teria recebido dólares do governo para importar alimentos superfaturados do México.

Com medo de serem presos, os quatro jornalistas já deixaram a Venezuela e estão na Colômbia. No mês passado, a Comissão de Poder Popular e Meios de Comunicação da Assembleia Nacional da Venezuela, que faz oposição ao governo, denunciou a censura de Maduro contra os veículos que criticam seu governo.

Fonte: Portal Imprensa

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012