Suspeito do assassinato do jornalista Pedro Palma é preso no Rio de Janeiro


Por Igor Waltz*

10/06/2014


Policiais da Divisão de Homicídios de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, confirmaram a prisão, na última segunda-feira, 9 de junho, de um suspeito de envolvimento no assassinato do jornalista Pedro Palma, de 47 anos. O acusado foi preso em casa, no bairro de Bangu, na Zona Oeste do Rio, pelo delegado titular da especializada, Pedro Henrique Medina.

Contra ele, havia um mandado de busca e apreensão pelo crime praticado contra o jornalista, e um mandado de prisão por débito de pensão alimentícia. Em fevereiro, Palma foi morto em frente à sua residência, em Miguel Pereira, no sul do estado.

Dois homens de capacete passaram em uma moto, o chamaram e fizeram os disparos, acertando-o no peito e no ombro. As imagens da ação foram registradas por câmeras de segurança instaladas na casa do jornalista. O suspeito seria um dos dois homens que, num vídeo divulgado pela polícia, aparece na moto. O nome do preso não foi revelado pela polícia. O jornalista era dono do jornal Panorama Regional, que circula em dez municípios do Centro-Sul Fluminense.

A publicação vinha denunciando casos de corrupção, desvio de verba e falta de repasses de dinheiro público, envolvendo principalmente o prefeito Cláudio Valente (PT) e a primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Kátia Kozlowski.

No dia 24 de fevereiro, o presidente da Câmara Municipal de Miguel Pereira (RJ), Eduardo Paulo Correa (PR), informou que solicitou à Comissão de Justiça da Casa que apure o desaparecimento de R$ 216 mil. A denúncia do desaparecimento da verba, cedida pela empresa de energia Light para realização de um festival de jazz na cidade que não ocorreu, foi feita por Palma. *Com informações do G1 e do O Globo.

RECESSO DE CARNAVAL

    Não haverá expediente administrativo na ABI no período de 1 a 10 de março de 2019, retornando às atividades no dia 11 de março de 2019.

   Os serviços essenciais funcionarão cumprindo escalas.

Rio de Janeiro, 25 de fevereiro de 2019.