Preso é mandante de ataque à RAC


03/02/2010


Wanderson Nilton de Paula Lima, 34, o Andinho, preso desde 2001 na unidade de segurança máxima de Presidente Bernardes, em São Paulo, apontado pela Polícia Civil como um dos principais integrantes da facção criminosa PCC, confessou ter sido o mandante do ataque contra a Rede Anhanguera de Comunicação (RAC), no dia 21 de janeiro de 2009, quando duas granadas foram lançadas contra a sede da empresa, mas não explodiram. O Grupo RAC é responsável pelos jornais Correio Popular, Diário do Povo e Notícias Já, entre outras publicações. Em depoimento na 5ª Vara Criminal de Campinas-SP, o criminoso afirmou que o atentado aconteceu em represália a uma reportagem publicada sobre a vida dele.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012