Libélula


10/04/2007


“Quando dava aulas de Fotojornalismo, criei uma matéria chamada Foto Ambiental, em que costumava levar meus alunos para fotografar a céu aberto. Neste dia, levei o grupo para o Jardim Botânico e uma das alunas me perguntou como fazer para registrar a imagem de uma libélula. Disse-lhe que a tática era observar seu movimento, já que ele é repetitivo. Ela tentou, mas não conseguiu. Deixei então a câmera armada, com o foco no galho, e, depois de três tentativas, consegui este resultado” 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012