Jornalista é mortoem Honduras


06/07/2011


jornalista Adán Benítez foi assassinado no último sábado, dia 4, quando se dirigia para a sua residência na cidade de La Ceiba, em Honduras. Benitez, que tinha mais de 16 anos de carreira em emissoras de rádio e TV de Honduras, denunciara recentemente um grupo de ladrões de carro.

Este é o terceiro caso de assassinato de jornalista em Honduras nos últimos 30 dias. Desde 2003, foram mortos 20 profissionais de imprensa no país. Do total, 11 casos foram registrados a partir do golpe de estado ocorrido em 2009, quando o aumento da violência contra profissionais da imprensa levou o Presidente de Honduras, Pedro Porfírio, a pedir a ajuda do FBI nas investigações dos crimes.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012