Adonias Filho (1972-1974)

Pouco acostumado às lutas políticas enfrentadas pela Casa do Jornalista, nem por isso deixou de cumprir suas obrigações administrativas à frente a instituição

Quando foi eleito Presidente da ABI, o baiano Adonias de Aguiar Filho desfrutava de algum prestígio como romancista e pertencia à Academia Brasileira de Letras. Pouco acostumado às lutas políticas enfrentadas pela Casa do Jornalista, nem por isso deixou de cumprir suas obrigações administrativas à frente a instituição e chegou ao final do seu mandato com uma atuação considerada relevante na defesa dos jornalistas presos e dos jornais censurados.

“Os artigos do site não refletem, necessariamente, a opinião da Diretoria da ABI”