Fogo olímpico


24/03/2008


Nesta segunda-feira, em Olímpia, na Grécia, protestos contra a China, devido à repressão no Tibete e à violação dos direitos humanos, marcaram a tradicional cerimônia em que a chama olímpica é acesa. Um manifestante da ONG Repórteres Sem Fronteiras conseguiu furar o bloqueio policial e se aproximou do Presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Pequim, Liu Qi. O ativista carregava um cartaz com cinco algemas substituindo os anéis coloridos que simbolizam os Jogos. Na área VIP, o Secretário-geral da RSF, Robert Menard, portava faixa idêntica. A TV chinesa interrompeu a transmissão ao vivo da cerimônia no momento dos protestos, mas, apesar dos incidentes, a chama dos Jogos Olímpicos de Pequim foi acesa.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012