1 de outubro de 2022


Condenação no Egito


26/03/2008


O jornalista egípcio Ibrahim Eissa, redator-chefe do jornal Al Dustur, foi condenado nesta quarta-feira, 26, a seis meses de reclusão por escrever reportagens, em agosto do ano passado, sobre o estado de saúde do Presidente do país, Hosni Mubarak. Segundo a agência Efe, a condenação de Eissa baseou-se no fato de que as matérias — segundo as autoridades egípcias — teriam provocado “a fuga de investidores, prejudicando o interesse público e a estabilidade nacional”. Para Eissa, “o veredicto contrariou todos os acordos internacionais de direitos humanos, demonstrando a hostilidade do regime egípcio em relação à imprensa”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012