19 de agosto de 2022


ABI adere a manifesto
em defesa dos índios


03/05/2020


Imagem: Agência O Globo

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI), aderiu ao  manifesto abaixo-assinado “Ajude-nos a proteger os índios da Amazônia da Covid-19”, lançado pelo fotógrafo  Sebastião Salgado e sua mulher, a designer gráfica Lélia Wanick Salgado. O documento pede que o presidente  Jair Bolsonaro adote medidas imediatas para defender os povos da floresta da ameaça da pandemia. A campanha mobilizou dezenas personalidades mundiais, como McCartney, Madonna ou Almodóvar. No Brasil, Chico Buarque Holanda, Caetano Veloso, Gilberto Gil, entre outros.

“Os povos indígenas do Brasil estão em perigo”, começa o texto do abaixo-assinado. O manifesto lembra que há cinco séculos, os grupos étnicos da floresta foram dizimados por doenças levadas pelos colonizadores europeus. “A nova pandemia, que se propaga rapidamente pelo Brasil, poderia exterminar índios que vivem isolados na Amazônia e que não têm nenhuma defesa contra a Covid-19”, alerta o manifesto.

A situação na região é “duplamente crítica, devido às invasões das reservas indígenas por garimpeiros e madeireiros” que se aceleraram nas últimas semanas, denuncia o abaixo-assinado. O risco de “genocídio é real” e o desaparecimento da população indígena seria uma “tragédia colossal para o Brasil e uma perda para a humanidade”.

“Não há tempo a perder”, frisa  o apelo urgente ao presidente da República e aos líderes do Legislativo e Judiciário.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012