Ronaldo Theobald, fotojornalista autor de foto icônica de Roberto Dinamite, morre aos 91 anos


03/07/2024


Morreu na noite de terça-feira (2) o fotojornalista Ronaldo Theobald, autor da mais icônica imagem da carreira de Roberto Dinamite.

Batizada de “Deus de calção e chuteira”, a imagem mostra Roberto Dinamite passando em meio a dezenas d torcedores do Vasco na beira do gramado do Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador.

Em entrevista ao site oficial do Vasco, Theobald relembrou como fez a imagem:

“Em um lindo domingo de maio de 77, fui escalado pelo JB para cobrir o jogo entre Vasco e Portuguesa na Ilha do Governador. Quando a equipe do Vasco saiu do vestiário para o campo, os torcedores se comprimiam junto ao gradil e estendiam as mãos para tocar seus ídolos. Parecia uma cena bíblica, algo mágico”, disse o fotógrafo.

“Fiquei imaginando como registrar aquilo. No intervalo da partida, me deitei, discretamente, no chão do túnel e, à medida que os jogadores retornavam para o segundo tempo, ia dando meus cliques. Meu alvo era Roberto Dinamite, o ídolo maior. Quando disparei a câmera, sabia que ali estava a mais bela foto da minha vida”, explicou.

Ele foi vencedor do prêmio Esso na categoria fotojornalismo e trabalhou em grandes veículos de imprensa, como Jornal do Brasil, Estadão e Diários Associados.

O fotógrafo também exerceu a função de diretor fiscal do Sindicato dos Jornalistas do Rio de Janeiro e trabalhou na cobertura da Copa do Mundo de 1970 e na despedida de Pelé do New York Cosmos, nos Estados Unidos.

Ronaldo Theobald nasceu em Petrópolis, na Região Serrana, e morava na cidade do Rio desde a juventude.

O velório será nesta quarta-feira, no cemitério do Caju, Capela G, às 14hrs e o sepultamento às 15h45.